7 de mar de 2012

Pedindo licença: Só para lembrar que tenho um coração

"Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas as vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: Quer-se absorve a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida". (Clarice Lispector)
--------------------------------------------------------------------------------------
Antes de qualquer coisa devo dizer que sim, eu estava pronta para tudo isto, afinal, é o sonho de uma vida, desde que descobri que faculdade existe (antes mesmo de ter qualquer convicção à cerca de para que ela servia) eu já sonhava com isso todo o tempo.
Eu realmente acreditei que estava preparada para TODOS os prós e contras que esta tão desejada mudança implicava, mas não. Para certas coisas nunca há tempo de preparo suficiente.
Esses dias li a seguinte frase: "Pra merecer esse sonho, prometi pra Deus que não ia ficar olhando a vida pelo retrovisor" e pensei: "Perfeito". porém, não é tão fácil assim. Quando mergulhamos no novo, surge algo que quem nunca sentiu, não viveu de fato, vagou pela vida sem nenhuma intensidade.
Saudade... Um sentimento que pode ter o gosto do mais puro meu, ou do mais azedo dos limões. Comigo costuma ser um misto de ambos os sabores. E o que eu faço? Simples! Faço uma boa limonada adoçada com mel e brindo a vida. Quer coisa melhor?!
Ultimamente tenho sentido saudade das pequenas grandes coisas: dos abraços, das brincadeiras, da algazarra matinal dos meus amigos (os mais tresloucados que já tive), das conversas intelectuais (ou às vezes vazias) com meus professores, desses mesmos professores dizendo que não dá pra fazer tudo perfeito o tempo inteiro, de passear pela escola, de ajudar minhas "protegidas", de usar tiaras de laço diariamente - e de ter sempre alguém querendo roubá-las, de chorar e rir por bobagens, de andar pela sala de aula e falar com todo mundo - ou quase, de aconselhar todo mundo, de devorar livros, de discutir por coisas completamente sem sentido, de... São tantas coisas, é tanta saudade que é difícil guardar. Aí eu corro pra escola, ando por aqueles corredores e escadas onde tive dos melhores aos piores dias de minha vida, vejo aqueles rostos que me viram crescer, percebo que pra muitos deles o tempo não passou. Algumas horas, alguns abraços e uns dedinhos de prosa. Volto para casa e sinto que estou pronta, para sentar, escrever, e voltar a sentir saudade.

5 de mar de 2012

Pedindo licença: explicando a tag

Para aqueles que leem o blog desde o primeiro post (leia aqui), nele eu deixei claro que o blog seria uma espécie de diário no qual eu além de relatar essa nova faze da minha vida, ia falar também sobre os passos que me trouxeram até aqui.
Não precisei nem de 1 mês de blog para perceber que AINDA NÃO ESTOU PRONTA PARA FAZER UM DIÁRIO. Às vezes isso me deixa triste, pois sei que quando uma pessoa acompanha um blog, ela espera novidades diárias (eu mesma sou assim), mas não adiante eu fazer um post por dia se eles não tiverem qualidade. Portanto, o blog deixou de ser um diário virtual e passou a ser um caderninhos virtual, daqueles que você não escreve sempre, mas quando escreve é com o coração, falando de coisas que realmente considera dignas de serem lembradas, sabe?!
Mas como todo caderninho que se preze, não consegui ficar só em Faculdade e afins. Decidi falar não só das coisas do dia-a-dia, mas também dos meus sentimentos diários, afinal, qual é o caderninho que não tem nenhum espacinho reservado do tipo "Como estou me sentindo hoje"?! Eu amo escrever, isso me faz extremamente bem, porém, escrevendo apenas sobre a faculdade acabo ficando limitada.
Foi justamente para acabar com essa limitação que resolvi criar  uma tag específica para os meus pensamentos, dúvidas, relatos, desabafos e etc. O nome? "Pedindo licença". Por que? Simples, porque quando você leu meu primeiro post (você leu néh?! ^_^) viu que eu ia falar sobre essa mudança de fase, então, se eu quero falar sobre outros assuntos, eu preciso pedir licença =)

Dica: O Guia do Estudante

Como percebi que o último post (o primeiro da categoria Dica leia aqui) resolvi dar uma atenção pra essa tag. Demorei, mas foi pra deixar a coisa bem feita.
-------------------------------------------------
Quem aqui nunca passou um dia na internet que atire a primeira pedra. Pois bem, no ano do vestibular devamos deixar (temporariamente, é claro) algumas manias, vícios e hábitos de lado, para focar no nosso objetivo maior.
Todo mundo sabe que existem dezenas de portais na internet que podem ajudar, e muito, não só aos vestibulandos, mas a todos os estudantes. Porém, na minha modesta opinião, o Guia do Estudante é o mais completo deles. Lá, você encontra material de apoio (conteúdo do núcleo básico de ensino), atualidades, notícias sobre os principais vestibulares, informações sobre as mais variadas carreiras e opções, além dos famosíssimos testes vocacionais.
Além no portal na internet, há diversas revistas do GE, incluindo os livros de atualidades que os alunos do 3º ano do E.M. da rede pública estadual de ensino recebem.
O GE, em parceria com a Universidade Anhembi Morumbi promove o Simuladão do ENEM (que costuma acontecer em maio) e o Desafio de Redação. Ambos, além de serem um ótimo apoio/treino para as provas oficiais, oferecem prêmios incríveis, no último ano, as premiações incluíam, carro, notebooks, viagem e até bolsas de estudo.
Parece que não satisfeitos com a ajuda que já dão aos leitores, nos últimos junto com diversas instituições de ensino, o GE tem promovido a Feira do Estudante. Este evento tem edições em São Paulo - SP e Belo Horizonte - MG. Há expositores falando sobre cursos, atendimento especializado, palestras etc.O evento costuma ocorrer no 2º semestre, mas se você não quer esperar tanto (pode apostar que vai passar muito rápido, mas...) você pode visitar a Feira Virtual Guia do Estudante.
Bom, tenho certeza de que ainda faltou falar de algumas coisas, afinal, estamos falando do maior portal para alunos do país, mas se eu continuar, tenho certeza de que ninguém vai ler até o final, então, aguardem o próximo post da tag Dica. ;-D